Utilizamos cookies próprios e de terceiros para disponibilizar os nossos serviços e recolher informação estatística. Se continuar a navegar no Site, aceita a sua instalação e a sua utilização. Pode alterar a configuração ou obter mais informação sobre a nossa política de cookies.

O que são os ácaros?

Os ácaros são artrópodes aracnídeos que raramente ultrapassam o meio milímetro. Eles vivem no pó e alimentam-se de matéria orgânica com alto conteúdo de proteínas, como restos descamados de pele ou restos de alimentos.

  • São pequenos artrópodes presentes na natureza em milhares de espécies. O seu tamanho é frequentemente inferior a meio milímetro, mas pode atingir os três centímetros.
  • Os ácaros que vivem no pó doméstico alimentam-se sobretudo de partículas de pele, ricas em proteínas, de que cada pessoa perde um grama por dia.
  • É nos seus resíduos fecais, evacuados até vinte vezes por dia, que se encontram as sustâncias responsáveis pelas reações alérgicas: os alergénios.
  • Os ácaros precisam de viver em ambientes em que a temperatura varie entre os 25ºC e os 30ºC, e com uma humidade relativa que ronde os 60% ou 70% para que possam absorver a água de que precisam. Se estiverem reunidas estas condições ótimas, podem viver entre 15 e 40 dias.
  • Os ambientes proporcionados pelo ser humano reúnem o calor, a humidade e o alimento que os ácaros procuram. Além disso, eles não têm concorrentes neste habitat.
  • Costumam viver em colchões, mantas e edredões (o que leva a que os sintomas das alergias de manifestem mais durante a noite), mas também em sofás, tapetes e peluches.
  • Existem ácaros machos e fêmeas e a reprodução é sexual por via de fecundação interna. Durante toda a sua vida, produzem entre 70 a 800 ovos, uma média de 2 a 30 por dia.

Principais espécies de ácaros

Acarus siro

Espécie micófaga, frequente e abundante em produtos armazenados (cereais, legumes, sementes.), actualmente um pouco menos em domicílios.

Mais informação

Blomia tropicalis

Produtos armazenados e pó doméstico. Muito abundante em regiões tropicais e subtropicais. Em Espanha é muito frequente nas Canárias.

Mais informação

Dermatophagoides farinae

Muito frequente e abundante no interior de domicílios (tapetes, colchões...). Distribuiçao cosmopolita. É a segunda espécie mais abundante globalmente.

Mais informação

Dermatophagoides pteronyssinus

Muito frequente e abundante em domicílios (colchões, almofadas, tapetes...). É o ácaro dominante nestes biótopos. Distribuiçao cosmopolita.

Mais informação

Euroglyphus maynei

Frequente em domicílios. Distribuiçao cosmopolita. Em Espanha é comum, especialmente frequente e abundante na cordilheira do norte.

Mais informação

Glycyphagus domesticus

Relativamente abundante em armazéns de alimentos e grãos. Também está presente no pó doméstico. Distribuiçao paleártica, mais frequente em climas temperados.

Mais informação

Lepidoglyphus destructor

Produtos armazenados e pó doméstico. Distribuiçao cosmopolita. É comum em todas as partes de Espanha, especialmente em zonas rurais.

Mais informação

Tyrophagus putrescentiae

Espécie micófaga, muito frequente em produtos armazenados (cereais, legumes, sementes, frutos...) especialmente em alimentos com alto teor de gorduras e/ou proteínas.

Mais informação

Chortoglyphus arcuatus

É encontrado principalmente em produtos armazenados (grão, sementes…) Presente em pó doméstico.

Mais informação