Utilizamos cookies próprios e de terceiros para disponibilizar os nossos serviços e recolher informação estatística. Se continuar a navegar no Site, aceita a sua instalação e a sua utilização. Pode alterar a configuração ou obter mais informação sobre a nossa política de cookies.

Sintomas das alergias

Como todo o corpo está protegido pelo sistema imunitário, as reações alérgicas podem manifestar-se em qualquer parte do organismo, de várias formas diferentes.

Tipos de alergias

Rinite

O que é a rinite
É uma inflamação da mucosa nasal que provoca espirros, congestão, “pingo”, rinorreia e comichão no nariz.

Causas
Pólen, ácaros do pó, mofo ou pelos de animais.

Sintomas
Os sintomas variam de acordo com a região e o tipo de habitat. As causas da rinite alérgica podem ser identificadas com testes cutâneos e servir de orientação para o seu tratamento.

Dermatite

O que é a dermatite
É uma patologia da pele em forma de eczema produzido pelo contacto com um agente externo.

Causas
O níquel (presente em relógios, bijuteria ou moedas); o crómio (presente no cimento); sabões, perfumes e diversos produtos de beleza; cremes e pomadas; e resinas, corantes e componentes químicos da borracha.

Sintomas
Habitualmente, a reação cutânea não é imediata, podendo demorar várias horas a aparecer desde a exposição ao alergénio, e pode variar de uma leve irritação até uma úlcera aberta.

Urticária

O que é a urticária
Consiste na reação cutânea, por vezes de tipo alérgico. Pode ser uma consequência de diversos processos inflamatórios ou imunológicos.

Causas
Habitualmente, é causada pela ingestão de certos alimentos ou medicamentos, ou por picadas de insetos.

Sintomas
Costuma manifestar-se na forma de pápulas ou edemas avermelhados semelhantes a picadas de mosquito.

Asma

O que é a asma
É um transtorno inflamatório crónico das vias respiratórias. Manifesta-se através de sibilâncias (pieira ou assobios ao respirar), falta de ar, aperto torácico e tosse, principalmente durante a noite ou nas primeiras horas da madrugada.

Causas
A exposição e inalação de alergénios perenes, tais como ácaros do pó e pelos de animais, ou sazonais, como o pólen, cereais ou esporos de fungos. Também o consumo de certos alergénios alimentares, como o leite, ovos, peixe ou frutos secos pode desencadear ataques de asma.

Outras causas possíveis são as infeções virais, o exercício físico e determinados medicamentos, como a aspirina e anti-inflamatórios.

Sintomas
A asma provoca o aumento da sensibilidade do sistema respiratório (hiper-reactividade brônquica), que reage de forma desproporcional a diferentes estímulos.

Conjuntivite

O que é a conjuntivite
É a inflamação da conjuntiva, a membrana mucosa do olho.

Causas
Os alergénios podem alcançar a conjuntiva através do ar, através do contacto (com as mãos ou durante a aplicação de um medicamento) ou ainda por via intravenosa.

Sintomas
O sintoma mais característico da conjuntivite alérgica é a comichão, enquanto as secreções são próprias da conjuntivite bacteriana.

Sinusite

O que é a sinusite
É a inflamação dos seios nasais provocada pela exposição a um alergénio.

Causas
O níquel (presente em relógios, bijuteria ou moedas); o crómio (presente no cimento); sabões, perfumes e diversos produtos de beleza; cremes e pomadas; e resinas, corantes e componentes químicos da borracha.

Sintomas
Além de comichão nasal, espirros e secreção aquosa, a sinusite afeta também os olhos.

Tosse

O que é a tosse
Não é mais que um mecanismo de defesa que permite eliminar secreções das vias respiratórias.

Causas
A tosse crónica está associada a sinusite e a rinite de tipo alérgico e infecioso. Pode também estar ligada a asma e ao corrimento retro nasal.

Sintomas
A própria tosse é um sintoma e não uma doença.